domingo, 20 de julho de 2008

Considerações de uma tarde de sábado

O samba estava ótimo e tenho algumas considerações a fazer:

1 - A Lei Seca quis derrubar os músicos, mas graças à uma brecha da lei conseguimos contornar a situação.

2 - A rapaziada está entrando no blog, baixando as músicas e aprendendo, visto a grande quantidade de pessoas cantando em volta da roda.

3 - Como já era esperado, a garrafa de Red Label oferecida pelo nosso amigo Dalton, deu a maior merda... rsrsrs

4 - Cada dia que passa ficamos mais loucos por Manacéa, Candeia, Aniceto da Portela, Silas de Oliveira, Caninha, Anescar, Noel Rosa de Oliveira, Noel de Medeiros Rosa, Alvaiade, Zé Ramos, Cabo Laurindo, Zizica, Conceição...

5 - Não vejo a hora de chegar dia 2 de agosto, sentarmos à mesa novamente, e iniciarmos mais um " Samba da Ouvidor "

6 - " Bebida, mulher, orgia: é a lei do vagabundo (...) "

7 - Estamos muito felizes por tudo que está acontecendo.

Abraços!

7 comentários:

Agostinho disse...

Nem registrou minha presença pela primeira vez... kkkkkk. Tinho.

Agostinho disse...

Foi show de bola, diferente de tudo que estou acostumado. Parabéns e vc me conhece: daqui um tempo não passa uma em branco. Tinho.

Rafael Fontes disse...

Vale ressaltar tambem a volta tao esperada da Serra Malte na Toca do Baiacu ...

abracos !!

Rafael Fontes disse...

Outro ponto forte a ser destacado é a presenca marcante de peixe vilao ... neste sabado eram cardumes e mais cardumes desta especie nem um pouco em extincao ...

Grande abraco !

Rodrigo Ferrari disse...

Meus queridos,
bem aventurados os amantes do samba, pois deles será o reino da Ouvidor.
Abraços,
Brecha da Lei

Resenha do Gugu disse...

Disparadamente a melhor roda de samba do rio.

Anônimo disse...

Qual seria a brecha da Lei Seca?
Informação crucial essa.
Abraços, Lucas.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails